17.9.06

Manga Mania

Bem... como os portugueses não são desenrascados e rápidos nos negócios, já tarde e a más horas (basta ver as datas de produção dos títulos apresentados) a Salvat se propôs a edição de alguns clássicos (filmes) anime (para além da edição de Captain Tsubasa e Dragon Ball).

Só tenho pena de duas coisas (as de sempre):
1. de o título continuar com o infeliz erro de chamar manga (banda-desenhada) a anime (animação). Se o erro fosse só com a designação japonesa até lhe chamaria preconceito, mas infelizmente, apesar de serem dois meios totalmente diferentes (apesar de elos em comum bastante fortes), a tendência para se confundir banda-desenhada com desenhos animados ou animação é geral.
2. Serem os títulos de sempre (Akira, Ghost In the Shell, Appleseed, etc.) demasiado cingidos a apenas um género o dos filmes de acção, ficção-científica, terror, ou mais concretamente para quem se diz entendedor, o cyberpunk.

Mas tudo tem o seu lado positivo e o facto de ver nas bancas de jornais títulos de anime à venda que, há 10 anos atrás, eram caros e difíceis de arranjar ou apenas visionar, é um bem que já vem tarde, mas vem!

Pessoalmente não vou comprar nenhum, a não ser que no meio da lista de títulos esteja alguma surpresa, mas não acredito muito.

Editorial Salvat - Manga Mania

12 comentários:

Nuno Cargaleiro disse...

Não sei se vai vingar!...

Necrolov3r disse...

Também não gostei do erro do titulo.
Não compres os dvds, o Appleseed tá todo lixado! Tem a meio do japonês espanhol, as legendas estão erradas, e como se não bastasse as legendas estão desfazadas, ou seja não coincidem com as falas! A salvat não merece respeito nenhum! Eu nãovou comprar mais nada.

(e não foi só no meu dvd que isto aconteceu. conheço ppl a quem já sucedeu o mesmo.) :X

Misato disse...

Obrigada pelos comentários.

Pelos vistos esta é mais uma daquelas colecções que se aproveita da ingenuidade e do deslumbramento dos ignorantes.
Enfim, pelo menos estamos cá nós para informar quem esteja interessado...

Zyro disse...

Olá.

Queria dizer algumas coisas.

Primeiro temos que ver que por cá não abundam colecções do género para nos começarmos a dar ao luxo de dizer mal por dá cá aquela palha.
Pode não ser perfeito mas pelo menos existe.

Em segundo lugar o preço é bastante convidativo.

Em terceiro lugar os portugueses tem de perder a mania de dizer mal de tudo.

Adquiri até á data os primeiros 8 titulos e no geral estou satisfeito.

Misato sou um grande fã do Anime e também da Manga pelo que chamares-me ignorante não é muito agradável.

Misato disse...

Caro Zyro:
1. Lê com atenção o meu post, eu digo exactamente o mesmo que tu dizes, já é bom existir. Mas, lá por isso ser verdade não quer dizer que o consumidor não possa ser exigente, e eu sou!
2. Eu não digo mal por dá cá aquela palha, são muitos anos de encvolvimento nisto, inclusive a nível comercial, com esse comentário, aparentemente quem está a falar do que não sabe és tu.
3. Não estou a acusar ninguém em particular, muito menos a ti que não te conheço de lado nenhum.
4. Este é o meu blog, dou-me o direito de me pronunciar como me apetece, se alguém acha que só digo mal, ou só digo bem, etc., etc. é com esse alguém, que se pronuncie sobre isso como lhe parecer melhor.

Se leres outros posts do meu blog sobre o que se faz em Portugal (não há muitos porque se faz muito pouco e, acredita não foi por falta de tentativas minhas) hás de perceber que eu gostaria, e muito que as coisas melhorassem, mas infelizmente a falta de sentido de oportunidade, de negócio e ignorância, em geral, do que é um produto de qualidade acabam por prejudicar e muito um produto de consumo do qual eu gosto muito e que gostaria de ver tratado com muito mais respeito do que o é habitualmente.

Se me dei ao trabalho de te responder com todo este discurso, acho que já é revelador de muitas das minhas preocupações (e acredita que são BEM antigas) sobre o modo preconceituoso como o anime, a manga e a animação em geral sempre foram encarados em Portugal. Tenho dito!

Zyro disse...

Olá.

Penso que no geral estamos de acordo.
A expressão utilizada não tinha como alvo ninguém em particular e em momento algum fui depreciativo em relação ao valor de quem a respeito do assunto opinou.
De qualquer das formas reitero a minha indignação.
Continuação do teu bom trabalho Misato.

Killiri Kreg disse...

Pois. Tenho que concordar.
Eu assinei a colecção e estive para a cancelar 2 vezes. A tradução é má (infelizmente acontece muito por cá), muitas das vezes nem é portuguesa (é espanholesa).
Sim o Appleseed está lixado. O Escaflowne tem traduções de cenas em que não é dito nada (tive que por em espanhol pra perceber de onde vinham aquelas legendas todas). O Evangelion é versão espanhola (tipo os kangi que deviam aparecer, são espanhol). E por aí em diante...

Realmente se não fosse o preço e a falta de disponibilidade de anime, a falta de qualidade desta colecção seria suficiente para fazer dela uma treta completa.

catarina disse...

Já foi há imenso tempo, na altura comprei os 2 primeiros filmes que sairam (penso que vinham juntos) e perante o estado em que encontrei o Appleseed senti-me tão ofendida enquanto consumidora, que me recusei a comprar qualquer outro título.
Agora quero comprar o Ghost in the Shell e tenho hipótese de o comprar na net por 12,5€, mas é dessa edição e estou na dúvida. Ainda não fui às lojas ver o preço.. Gostaria de saber a opinião dos experts! Obrigada

Misato disse...

Cara Catarina, infelizmente não te posso ajudar em relação às edições existentes de DVDs de Ghost In the Shell pela simples razão de que não sou grande fã do filme (mas sim da manga), não o suficiente para pensar em comprá-lo, o que faz com que não tenha elementos suficientes para opinar.

De qualquer forma para qualquer DVD de anime que eu compre eu tenho sempre em atenção alguns factores, assim como a relação qualidade/preço:
1. As línguas em que vem dobrado e legendado, se tem a versão original em japonês e a qualidade do som (Dolby 5.1, stereo, etc.)
2. O formato da imagem e duração (confirmar nas bases de dados online quais são os valores originais, para não ser enganada)
3. Os extras (se são mais que mero trailer ou galeria de imagens)
4. Comparar edições portuguesas ou disponíveis por cá, com outras edições.
5. Relativamente a isto tudo, o preço. Não vou dar um balúrdio por um DVD que apenas tem o filme ou por um DVD que não tem a versão original em japonês.

Também acho importante saber se as legendas se podem mudar, já me aconteceu nem sequer poder tirá-las, e num filme da Ghibli! Se tens legendagem em mais que uma língua, é sinal que isso é possível.

Kami-Sando disse...

Olá, tudo bem? Eu sei que já lá vai um tempão que esta colecção saiu, mas agora que me esbarrei sem querer com este blogue apeteceu-me escrever algo. Eu subscrevi e completei a colecção de 36 DVD's d'Anime da Salvat. Sempre reclamei na loja sobre o estado em que os DVD's me chegavam às mãos: as caixas rachadas, com pedaços da caixa partidos, patilhas-segura-cd partidas, etc... mas pronto, resignava-me com a situação por medo a devolver o DVD para troca e depois, por qualquer razão rocambolesca, ficar sem V de volta (já acredito em tudo!) e, consequentemente, ficar com a colecção incompleta. Li em alguns dos posts deste blogue sobre o defeito do DVD Aplesseed e fiquei admirado, mas fui ver o meu e realmente as legendas estão uma caca...realmente, ganda falta de consideração por nós!! Eu ainda não tinha notado isso porque sempre que existe essa opção eu vejo os filmes em espanhol, visto que sou meio espanhol e percebo tudo na perfeição (desde pequeno que falo as duas linguas -ESP e PT- e foi mesmo em Espanha que começou o meu entusiasmo pelo Anime/Manga). Só tenho pena, tal como diz a Misato, de que sejam quase sempre os mesmos filmes pré-históricos (embora porreiros) a sairem nestas colecções. Poderiam ter em consideração os clássicos de grande sucesso de sempre e fazer-lhes uma espécie de homenagem colocando na colecção um que outro filme do Dragon Ball (há uns quantos), Sailor Moon (há 3), Ranma 1/2 (há uns quantos), Saint Seiya/Cav. do Zodiaco (há 5), Utena (1), Rurouni Kenshin (há 1 ou 2), ou mesmo outros filmes tais como A Princesa Mononoke, Ponyo, sei lá... Concordam? Acho que era uma boa estratégia de marketing, porque abrangiriam um público mais vasto visto que a diversidade da oferta sería mais vasta e agradaría a gregos e troianos (à parte de que iriam tratar com series que fizeram as delicias de muitos de nós e que nos tocaram profundamente). Arigato e Abraço a tod@s!

Kami-Sando disse...

Ah, esqueci-me de referir que esta colecção da Salvat peca na quantidade de filmes do género cyber-punk (que não vou muito à bola) que possui. Tb não aprecio muito filmes/series com mechas (dentro do género só gosto de Evangelion, pois é muito mais do que só mechas). Os filmes que mais gostei de ver na colecção foram os 2 Evangelion, Escaflowne, Blood, Ninja Scroll, Street Fighter II, Dead Leaves, Kaidohmaru, Akira, Ghost In The Shell, Appleseed (apesar de tudo) e Legend of Lemnear...o resto podiam ter posto outras coisas! É o meu gosto pessoal/opinião, e isso não é discutivel pois cada qual tem a sua. Arigato & Abraço a tod@s!! ;)

Misato disse...

UAU! Kami-Sando! obrigada pela tua discrição da colecção, apesar de a mesma já ser velhota.

felizmente desde essa altura que têm saído imensas séries e filmes de anime por cá e o vazio de que me queixei durante longos anos já anda mais preenchido. aliás, entre elas, tens Ranma 1/2, numa edição da Jonu, uma editora espanhola. ainda não comprei nenhuma dessas edições da Jonu, mas pelo que já me disseram as traduções (para português) embora decentes sofrem de algum "espanholismo" o que deveria implicar por parte da editora a revisão por um nativo da língua portuguesa.

mas enfim, felizmente os tempos finalmente são outros, já anda por aí muito anime (e manga) para todos os gostos, o que já dá liberdade de escolha ao consumidor.

viva o anime para esta nova década em Portugal!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...