2.8.08

Ando a ver: Detective Conan

Depois do estranho e chato precalço de o AXN (e aparentemente o Animax também) terem começado a dar Detective Conan a partir do 116º episódio, a SIC também estreou a série (desta feita dobrada em português) no fim de semana passado e a partir do 1º episódio.

Ao princípio, e cheguei a comentar isso aqui neste blog, Meitantei Conan era daquelas séries em que não estava a atingir o porquê do seu enorme sucesso no Japão, onde já dura há 8 anos, e tem uma enorme legião de fãs. As histórias são pequenas intrigas policiais simples mas sem buracos, seguindo uma estrutura em tudo semelhante mais às histórias de Agatha Christie e menos às de Conan Doyle. OK, viam-se bem, todos os episódios que vira eram bem feitos, mas não percebia o que a série tem de extraordinário.

Passado mais de um mês a ver Detective Conan, depois de também investigar como realmente começa a história, acho que já começo a perceber. Começando pela personagem de Conan Edogawa/Shinichi Kudo, que apesar de ser uma personagem bastante despreocupada e bem disposta, através da sua mutação revela por vezes um lado sombrio extremamente intrigante que lentamente me começou a cativar. A chegada de Haibara Ai também ajudou. Ai consegue ser ainda mais misteriosa e carismática que Conan por causa da sua postura mais madura e cínica. O que também é engraçado é o facto de nem ser a curiosidade, que está lá e agradece-se, de saber como Conan voltará à sua forma de Shinichi que realmente me motivou a continuar a ver a série e a começar a gostar gradualmente. Ao fazerem de cada episódio ou par de episódios histórias independentes, mas bem escritas, não se torna (por enquanto) demasiado repetitivo e é um bom estratagema para sutentarem os 500 e tal episódios que a série já tem. Reflectindo bem, acho que são as personagens bem caracterizadas e que se mantém sólidas e coerentes, mesmo que haja uma evolução, a ténue linha narrativa principal, apenas presente a intervalos regulares, uma boa animação, um character design coeso e agradável, uma banda-sonora que suporta lindamente a história e é ao mesmo tempo muito anime, que tornam este anime aparentemente desinteressante num anime que vai cativando aos poucos.

Ainda só vi um episódio na SIC, infelizmente perdi os primeiros dois. Porque SIM!, a SIC está a passar a série do início!!! Mas já deu para avaliar a dobragem que está invulgarmente boa! Gostei das vozes de Conan/Shinichi, se bem que na versão japonesa parecem mais a mesma voz (onde a de Shinichi é do famoso Yamaguchi Kappei) mas, claro, versão criança e versão adulta. Mas a que mais me impressionou foi o Detective Mouri, o pai de Ran (love interest de Shinichi), ter, na versão portuguesa, uma voz quase igual à original! Isso em termos de dobragens portuguesas é um prodígio digno de festejar! Acho que em anime deve ser uma das primeiras vezes que se é tão fiel. A grande qualidade das restantes vozes é não termos ninguém a fazer más pronúncias do norte ou afins e vozinhas de falsete artificiais, entre outros defeitos comuns das nossas dobragens. Todos soam naturais, inclusive os miúdos, e nenhum se destaca por causa de maneirismos. Prefiro sempre o original, mas PARABÉNS!!!

Por outro lado, as legendagens do AXN continuam péssimas e a escrever os nomes das personagens à espanhola. Quando se lêm esses nomes e se presta atenção como os dizem na série, não bate a bota com a perdigota! De Jeiyi a Heiji (lê-se Heiji, com o H aspirado) vai uma grande distância. Para não falar do professor Hakasei que é em japonês Agasa hakasei, em que Agasa é o nome (apelido) dele e hakasei quer dizer professor (como professor universitário ou cientista), que se traduzirmos verdadeiramente o horror que eles lá põem fica professor Professor... Já enviei mais que um mail ao AXN/Animax, mas nunca obtive qualquer resposta, nem sequer um educado automático a dizer que receberam o meu e-mail... Portugal não é Espanha!!! (por enquanto)

名探偵コナン

AXN
sab., dom. 14h05, 07h35 (reposição)

SIC
sab., dom. cerca das 07h00

4 comentários:

Anónimo disse...

Ola!

Tenho andado a ler os teus posts e antes de mais parabens pelo excelente site! Adoro os teus comentarios sobre os animes.

Tambem eu adoro a dobragem da SIC de detective conan, esta de facto muito boa.

Penso que a Sic transmitiu ao todo 26 episodios. Chegaste a gravar alguns? Eu gravei todos os episodios à excepção do episodio 10 e o 13.

Tens esses episodios?

Misato disse...

obrigada pelos elogios, ainda bem que gostas do meu blog mesmo apesar de ultimamente isto andar parado...

não costumo gravar anime da TV (especialmente tratando-se de uma série tão longa e dobrada em português) principalmente pelo espaço que tal tarefa ocupa. portanto não tenho os episódios que procuras.

Joao Aurelio disse...

Estive a pesquisar com mais afinco para ver se O nosso Conan-kun ja teria passado pela tv quando eu era pequeno mas pelos vistos não.

Eu demorei algum tempo a pegar neste anime porque era longo e ia levar uns dias de adição e estou farto de sabichoes e génios.
Nisto queria so dizer que talvez nao tenhas feito justiça à qualidade da obra. Porque é mais que pequenas intrigas policiais. Os casos sao muito bem feitos, tem uma formula evidente de como acontecem os episodios e capitulos mas o "terique" como diz o Conan é sempre excitante. Fez-me regressar ao meu amor por policiais e penso que até agora não falhou um caso em que não tivesse interesse. E temos a organização, em que esperamos 200 episodios para ter desenvolvimento mas quando acontece..acontece!! As personagens sao carismaticas e Ran é mulher completamente estoica no seu amor por Shinichi. O que tem o seu encanto. E temos o Kaito Kid, que nos ultimos episodios esta a fazer mais parte da plot verdadeira.

Nao leves a mal, mas para quem nunca viu pensei que se podia dar um pouco mais de feedback. Ha uma data de problemas com a serie. Para nao falar do factor Pokemon, em que ele esta no 1º ano desde 19oo e troca o passo...Para mim tem dos melhores efeitos de twists no enredo, quando o Kaito Kid e os pais do Shinichi aparecem simplesmente arrasam, etc..E e dificil deixar de ver porque queres ver quando a Ran vai ter o seu Shinichi de volta e quem e o BOSS!!?? xau abraco

Misato disse...

João Aurélio, antes de mais muito obrigada pelo teu comentário tão completo.

Mas tenho que fazer algumas ressalvas às tuas críticas ao meu post. Primeiro já tem 6 anos, portanto há-de estar um pouco desactualizado. Segundo eu explico no post, este foi escrito após eu ver os primeiros episódios, numa tentativa de dar uma oportunidade a uma série que infelizmente começou a ser exibida algures a meio, portanto confuso. Quando digo que as narrativas são simples, para mim, não é defeito, mas uma qualidade. Aliás eu adoro "whodunnits" e Agatha Christie, portanto a comparação é para ser construtiva.

Enfim, infelizmente não continuei a ver e Meitantei Conan foi parar à galeria cada vez maior dos animes que não acabei/continuei a ver. Por isso não posso comentar os pais dele ou mesmo Kaito Kid (sinceramente já não me lembro se chegou a aparecer). Mas um dia retomarei a série, pois a curiosidade de saber como as coisas se desenvolvem ficou cá! Até lá, no spoilers, por favor... ^^

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...