30.8.08

O fim da Zona Animax no AXN


Pois é, hoje, no meio da exibição das séries anime da Zona Animax, anunciaram o fim da mesma já no início de Setembro, o que quer dizer na próxima 2ª feira!

Pessoalmente, como cliente da TV-Cabo (ou Zon, se quiserem) e espectadora assídua do AXN, sinto-me roubada ou, no mínimo, aldrabada. Foram lobos em pele de cordeirinho e isso é indecente! Chateia-me que quem emite os programas tenha a faca e o queijo na mão e muito pouca consideração pelos espectadores. Enviei mais que um e-mail à Sony/AXN/Animax e nem sequer uma resposta automática...

Depois admirem-se de as pessoas deixarem de ver anime nas televisões e só fazerem downloads.

9 comentários:

CC disse...

Realmente, em Portugal brincam com as pessoas... Nem comento mais...

Sara disse...

Eu nem vi, como vim de ferias nao pude assistir. ò.ó
Entao houve um dia que deixaram de dar uma serie que eu adorava, que era para ser renovada, as Gossip Girl que ja dao. Enviei uma data de emails e nem responderam!
Nao sabia de nada! o.O'

Sara disse...

A temporada do Inuyasha nem acabou ò.ó
Vou ter de fazer downoloads mesmo.. Apesar de no computador podermos ver mais, ocupamos mais tempo e faz muuito mal aos olhos.

Anónimo disse...

Estou decepcionada!
Poderia me dizer se o AXN vai transmitir mais Zona Animax??
Obrigada!

Azelpds disse...

Apesar destas tomadas de decisão não me surpreenderem muito, acaba por ser sempre triste. Mas também não via grande futuro nesta aposta deles agora, e veremos o que acontece com o canal Animax, pela simples razão que este país teima em querer chegar sempre atrasado às coisas.

E no que toca ao anime, foi perderem o grande boom do mesmo e nunca perceberem o potencial e mercado que havia ali na altura, ao contrário de outros países.

Claro que quando se lembram já vão um pouco tarde e nos tempos que correm (hello internet), as pessoas também já não estão para se chatiar e vão elas mesmas em busca das coisas já que agora não temos de estar dependentes que nos tragam um dia as mesmas.

Mesmo que as legendas não sejam da qualidade totalmente ideal, chega a ser altamente irónico como podemos comprar diversas séries completas em Espanha (na DVDGO ou Fnac por exemplo), cujos DVDs incluem legendas em português, e onde até têm seasons completas e 'boxs' à venda, como é o caso de duas das minhas favoritas (Monster e Nana), entre outras.

Já na altura do tal boom por cá, existiam DVDs em Espanha que incluiam legendas em Português. Lembro-me na altura de Angel Sanctuary, Fruits Basket e outros exemplos, enquanto por cá ainda hoje é uma miséria. Não sei, acho mesmo irónico.

E olá já agora. :p

Misato disse...

Olá Azelpds!
Concordo contigo inteiramente!

Mas tenho a adicionar que talvez uma das razões porque o anime editado em Portugal não vinga é económica. As tiragens, quando as há são pequenas e não rendem e em vez de serem inteligentes, pagar a mais duas ou três pessoas e fazerem edições internacionais com legendas, sei lá, em romeno ou polaco, não, fazem edições, como O Reino dos Gatos, com hardsubs e pouco qualidade!

Acho que por um lado existe falta de dinheiro (infelizmente é uma realidade) e por outro falta de visão e estratégia económica. Mas, como dizes, já perderam o barco!

Azelpds disse...

Yep, falta de visão é definitivamente um dos problemas, fora as mentalidades, não sendo por mero acaso que o normal é os dvds de anime estarem nas secções infantis de muitas lojas por cá.

Na altura do tal boom houve algumas iniciativas bastante boas sobre o tema, como os debates na Fnac, a outros incentivados pela comunidade, ao ponto de ter ido a um que considero 'histórico' por ter sido nas traseiras de uma taberna em paço-de-arcos lol. Mas era um ambiente porreiro na mesma, havia entusiasmo e vontade de se falar sobre os temas, tentando-se chamar a atenção de mais pessoas além dos fãs de anime.

Mas também percebo que não existam empresas a arriscar em edições, não só pelo que falas, mas também porque não existe 'nada' por cá, no fundo, que fale sobre anime ou manga, ou que divulgue isto.

Por exemplo, algo muito na moda é a vaga actual de séries de TV (CSI, Sopranos, Dexter, Lost bla bla bla), e como tiveram grande suporte desde que apareceram, e algum meio onde sejam divulgadas, neste caso darem na televisão, foi com imensa naturalidade que vimos as grandes superfícies encherem-se de edições, boxs e afins das mesmas séries.

Quando 'forcei' a presença do anime na revista Multi/Maxiconsolas (até obrigarem a tirar cof), fui notando que após cada número vias pelo menos um volume de uma das séries que falávamos na Fnac, como Juuni Kokuki ou Ayashi no Ceres, o que me fez ponderar que alguém poderia estar a testar o mercado já que existia algo que até falava daquilo. Eram edições de importação, e caras, mas já era um começo.

Até as empresas na área na altura , mesmo que não fossem perfeitas, eram acessíveis, e até ajudavam em passatempos que quisesses fazer, mesmo que fossem de uma comunidade online.

Infelizmente, não houve o tal aproveitamento desse boom logo na hora, e esse mercado potencial como que implodiu na minha opinião, em que as pessoas cansaram-se e foram procurar por si o que desejavam já que a internet hoje em dia permite isso.

Quando vi que iam começar a dar anime no AXN, e depois aparecer o Animax a sério que fiquei bue admirado, tipo wtf mesmo (agora??), mas apesar de tudo tive alguma esperança, só que depois olhas para as séries que foram buscar para o AXN e well...

No animax estavas com várias opções diferentes, e targets, incluindo séries mais modernas e que até podem apanhar algum público menos ligado ao anime, agora as apostas que meteram no AXN...

Por outro lado,a filosofia à la Sic Radical em que só dás actualmente DBZ, Naruto e derivados também não sinto que irá mudar muito isto, pelo menos no que toca a expandir o meio.

Ver se comento mais posts aqui e deixo de ser apenas um mero observador como tenho sido até agora, já que tenho visitado regularmente o teu blog ;)

Misato disse...

É, acho isso mesmo. Mas também acho que uma comunidade de fãs bastante dispersa e imatura também não ajuda. Não ajuda porque ninguém se une para tentar melhorar o panorama, é cada um por si (e até falo de mim, porque desisti de tentar com os fãs há alguns anos) e porque não tem poder de compra.

Não querendo que deixes de visitar o meu blog, obrigada, dá uma olhadela à revista online gratuita onde colaboro com regularidade, a Red Carpet, pois lá tenho feito um esforço em mostrar que anime não é só Dragon Ball, Naruto ou violência e desenhos animados para criancinhas, e tens um fórum onde podes comentar o que te apetecer.

Azelpds disse...

Ah sim, como é familiar esses problemas e discussões com os 'fãs'. Houve alturas em que disse mesmo que o meu objectivo não era agradar a esses fãs de anime, pelo contrário.

Depois é só criticar e criticar e não tentar fazer nada, blargh. Tipo, após muito tempo percebo perfeitamente que tenhas perdido a paciência

Umas das coisas que nunca me esqueço do tal período na MC, foi quando um leitor me mandou um mail a falar da série Planetes e os episódios da mesma, para dar a conhecer e para vermos se curtíamos, porque ele adorou e achava que se enquadrava no espírito da secção etc etc. Foi um gesto excelente, em que na altura pensas que é isto mesmo, está-se a chegar a algum lado muito curioso, onde todos somos fãs a tentar lutar por uma causa comum, que era obviamente a divulgação e expansão do anime. Enfim, velhos tempos. ;)

Hora de investigar a 'Red Carpet' agora. :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...